17 de out de 2009

Meu Sopro


O prazer do presente
conhecer e ter você
o encanto do toque ausente
feliz em encontrar o interior
sem despedidas

levemente preso ao meu destino
o teu encanta desconhecido
o que conheço é sem saber
estou gravada em você
camuflada em sustenidos
em grooves e loops
sentidos e intensos


13 comentários:

Letícia Goodgloves disse...

Adorei esse...como todos,rsrs.bjo* Leticia

Roberta "_KellyJoey" disse...

Nossa... *_*

Amei! ^^

=***

O Profeta disse...

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control


Bom domingo


Mágico beijo

Fragmentos disse...

Gostei dos seus poemas!

Abraço

Poeta do Simples disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
E.Suruba disse...

amor!
inspirador!

Melanie B. disse...

Aiii que saudades disso aqui, problemas com net no trabalho me separa de voces...
Mas... estas gravada no blog! rs
BjoOoO'

Fábio disse...

Bão hein qdo der visita o meu tb www.ecosdotelecoteco.blogspot.com .Abraços e sucesso na empreita..Abraço

Janaína disse...

Essas pequenas coisas que se prendem em nossas vidas não têm como não nos encantar.
Belo post!

Abraços poéticos,
Janaína de Souza.

cunhabom disse...

parece uma linda melodia

Poeta do Simples disse...

invejei cada verso... suspirei aqui

O esconderijo do Pinico disse...

Massa,seco e certeiro

muito bom!

O esconderijo do Pinico disse...

fera, seco e certeiro

muito Bom!