17 de jul de 2012

não adianta fugir...
é impossível não sentir
sua presença dentro de mim...
rasgando o peito de sudade...
querendo de volta a outra metade...
e pra sempre vai ser assim...
onde quer que você vá...
meu coração estará lá...
procurando a metade q você levou...
para fechar a sicatriz do inteiro que sobrou...
só eu sei
o quanto dói
o vazio da noite
e a solidão de n ter seu olhar

só você sabe
quanto amor eu guardei
debaixo do meu travesseiro
por traz da armadura de ferro
que impede qualquer um de entrar

só vc sabe
tirar da noite o vazio
trazer no olhar o calor
matar a solidão de amor

só eu sei
quanto amor eu guardei
mas encontrei em você a chave
para libertar
é todo seu, pode levar