31 de dez de 2008

Ultimo dia do ano...
Indiferente a correria, a euforia e aos paradigmas que envolvem este dia, faço dos últimos momentos de 2008 tempo de reflexão, não retrospectivamente, mas com o espírito tomado pela felicidade de saber que o ano passou e com ele suas tristezas e alegrias, dependendo apenas de mim mesma a construção do próximo...

Surgem novas oportunidades, novas amizades, quem sabe novo amor...
Mas tudo depende de suas escolhas, de sua vontade e empenho em realizá-las...
O estudo introspectivo daquilo que realmente queremos é o primeiro passo para a decisão. É claro que o meio em que vivemos, as situações criadas e as pessoas que nos rodeiam são parte indispensável deste estudo, mas você é o senhor do seu tempo...

Agora, eu tento escrever o que se passa comigo sentada observando a movimentação e agitação das programações para a "festa de fim de ano", e percebo quão fútil e inútil é esse cerimonial hipócrita que as pessoas repetem todos os anos sem a mínima consciência da responsabilidade dessa nova etapa...

Se todos parassem algumas horas, em uma reflexão pessoal, suas atitudes no ano seguinte seriam diferentes...

Tenha tempo para você, suas escolhas são o alicerce dessa nova construção que se inicia em algumas horas... O que vai mudar no próximo ano é apenas a troca do 8 pelo 9, tudo é continuação...

29 de nov de 2008

Esperar

Quando escuto esta palavra, principalmente quando é dirigida a mim, da uma vontade de se desesperar, de sair correndo e contrariar....
Anne você tem que esperar!
Ação que implica em ver as horas passarem até que aquilo que é o objeto de sua espera finalmente resolva te conceder o privilegio de sua presença...
Esperar por alguém, em alguém...
esperar pelo resultado...
esperar em pé ou sentado...
o pior é esperar por quem não vem...
esperar a volta de quem nem foi...
ou de quem foi pra sempre...
mas me contrariando digo que existem algumas esperas que não deveriam acabar...
quando se está na companhia de alguém que não se quer deixar...
esperando o ônibus passar, podendo  abraçar e  beijar...

haaaa
ai sim é bom esperar...

28 de nov de 2008

Just likE

só quero te lembrar...
que gosto muito de você...
mesmo sem ficar...
mesmo sem poder...
sem beijar sem abraçar...
só de falar e ouvir...
só de pensar e sentir...
sentir saudade que é bom...
sentir carinho que é dom...
até o tempo passar...
até quando durar...
e que dure pra sempre...
enquanto o sempre não acabar...

influências...

influências variadas me fazem escrever...

As vezes as palavras nos pegam de surpresa e se não as aprisionamos elas fogem sem deixar vestígios... Das inúmeras formas de expressão, que o ser humano criou através de sua mente extraordinariamente criativa, a escrita tem um espaço privilegiado...

Eu crescendo em um meio altamente cultural, apesar de não efectivar a teoria naturalista de que somos produto do meio, recebo e tento arduamente exercitar a hereditária culturalidade, se é que essa palavra existe, herdada de uma família de músicos, artistas, poetas, poetizas, escritores, homens, mulheres, crianças....

Mas e minha individualidade??
Bem, juntando tudo isso e um pouco de mim, vou começar a escrever essas besteiras essenciais que me fazem ser o que sou....