31 de dez de 2008

Ultimo dia do ano...
Indiferente a correria, a euforia e aos paradigmas que envolvem este dia, faço dos últimos momentos de 2008 tempo de reflexão, não retrospectivamente, mas com o espírito tomado pela felicidade de saber que o ano passou e com ele suas tristezas e alegrias, dependendo apenas de mim mesma a construção do próximo...

Surgem novas oportunidades, novas amizades, quem sabe novo amor...
Mas tudo depende de suas escolhas, de sua vontade e empenho em realizá-las...
O estudo introspectivo daquilo que realmente queremos é o primeiro passo para a decisão. É claro que o meio em que vivemos, as situações criadas e as pessoas que nos rodeiam são parte indispensável deste estudo, mas você é o senhor do seu tempo...

Agora, eu tento escrever o que se passa comigo sentada observando a movimentação e agitação das programações para a "festa de fim de ano", e percebo quão fútil e inútil é esse cerimonial hipócrita que as pessoas repetem todos os anos sem a mínima consciência da responsabilidade dessa nova etapa...

Se todos parassem algumas horas, em uma reflexão pessoal, suas atitudes no ano seguinte seriam diferentes...

Tenha tempo para você, suas escolhas são o alicerce dessa nova construção que se inicia em algumas horas... O que vai mudar no próximo ano é apenas a troca do 8 pelo 9, tudo é continuação...

2 comentários:

Gossip Boy disse...

sem duvidas, os numeros 2008, 2009, são só medidas de orientação. O tempo é um conceito abstrato q como disse Einstein, "n passa d uma ilusão teimosa."

É uma boa ocasião pra se reuniar com a familia e beber, por exemplo. Ja q festejar td dia num seria mt conveniente, é preciso datas para se comemorar e tals, essas coisinhas ajudam na economia e bla bla bla. Mas num passam disso. Como vc disse, só muda o algarismo, a vida continua a msm. Mudando apeas as consequencias das nossas escolhas, e essas consequencias nos provém o palco pra outras escolhas, e assim por diante. Creio eu. ^^

Hilde_Camargo disse...

legal o seu blog! Você é profunda nos sentimentos! E muito crítica! è disso que a net e o mundo precisam muito nesses dias!
bjocas já a add no okut.